top of page
Fundo.png
  • Foto do escritorFrancesca Neira Del Ben

Como Adotar a Equidade de Gênero no Mundo Corporativo

equidade de gênero

Notícias como "Mulheres ganham 19% menos que homens - no topo, a diferença é de mais de 30%", ou "Apenas 3% das mulheres no Brasil ocupam cargos de liderança, aponta pesquisa", evidenciam a realidade da desigualdade de gênero no mercado de trabalho. A participação das mulheres no mercado de trabalho ainda é 20% inferior à dos homens, destacando a necessidade urgente de promover a equidade de gênero. Esses desafios têm levado empresas e diversos stakeholders a discutir e analisar de forma mais aprofundada a composição de seus quadros de funcionários, especialmente em relação à alta liderança e aos conselhos administrativos.


Essas desigualdades de gênero têm um impacto profundo dentro das empresas, indo muito além de uma simples porcentagem. Elas são refletidas diretamente na cultura empresarial e na tomada de decisões. Quando as lideranças não refletem a diversidade da equipe, as decisões tendem a ser menos informadas e sensíveis às necessidades dos colaboradores, pois os líderes podem não compreender completamente suas realidades e desafios. Além disso, a falta de diversidade nas corporações pode resultar em produtos e serviços menos adequados ao mercado, já que as empresas podem não compreender plenamente os consumidores e falhar em atender às suas expectativas.


Equidade de Gênero: Fomentando a Diversidade nas Empresas

Essa perspectiva mostra como a empresa pode ser prejudicada pela falta de diversidade, tanto na retenção e atração de talentos quanto na participação de mercado e no crescimento em relação aos concorrentes. Além disso, a falta de diversidade pode levar à falta de inovação dentro dos times, o que é crucial em um cenário cada vez mais competitivo, digital e marcado por mudanças rápidas. Quando olhamos para fora, os consumidores também estão cada vez mais exigentes nesse sentido. Segundo a pesquisa Global Consumer Pulse, realizada pela Accenture Strategy em 2019, 83% dos consumidores brasileiros preferem comprar de empresas que defendem propósitos alinhados aos seus valores de vida, evitando marcas que se mantêm neutras.


É inegável que a diversidade em ambientes de trabalho traz uma série de benefícios. De acordo com uma pesquisa da McKinsey, ela não apenas melhora a performance, mas também aumenta a lucratividade das empresas, com uma probabilidade 33% superior em relação às empresas menos diversas. Mas aí vem a pergunta: o que é preciso fazer para quebrar essas barreiras que impedem as empresas de se estruturarem dessa forma?


Desafios e Estratégias para a Equidade de Gênero

Para quebrar as barreiras que impedem as empresas de se estruturarem com diversidade, é crucial estabelecer iniciativas que promovam a inclusão e a equidade. No entanto, é importante ressaltar que cada empresa e cenário possuem suas particularidades, portanto, é essencial adaptar essas iniciativas de acordo com a realidade de cada organização.


Entre essas iniciativas, destacam-se a garantia de paridade salarial, a oferta de benefícios como creche ou auxílio-creche, a implementação de políticas de flexibilidade no trabalho e a revisão dos processos de recrutamento e seleção para promover a diversificação dos perfis contratados.

Além disso, é essencial ouvir atentamente as colaboradoras, estabelecer políticas contra o assédio e a discriminação, envolver a alta gestão na discussão sobre diversidade e inclusão, e criar um comitê dedicado a essas questões.

 

Capacitar mulheres para posições de liderança, garantir ambientes de trabalho seguros, e estabelecer metas claras de diversidade e inclusão também são passos importantes nesse processo. Ao adotar essas medidas, as empresas podem não apenas reduzir as desigualdades de gênero, mas também melhorar sua performance e sua capacidade de inovação, tornando-se mais competitivas no mercado.

 

Consultoria em Gestão de Sustentabilidade & ESG para Implementação de Práticas de Equidade de Gênero

Contando com uma equipe de profissionais especializados em estratégia ESG, podemos elaborar um plano de ação abrangente, definindo metas, compromissos e métricas de avaliação para promover a diversidade e a equidade de gênero dentro da sua organização. Uma abordagem ampla e estratégica é fundamental para desenvolver práticas que contribuam para uma jornada sustentável e que impulsionem o alcance de metas, proporcionando destaque no mercado.


Com mais de 11 anos de experiência, a Ecovalor oferece consultoria para empresas que buscam alinhamento com os pilares Ambiental, Social e de Governança (ESG). Desde o diagnóstico até a implementação do plano estratégico e o relatório de sustentabilidade, nossa equipe de especialistas até comprometida em fornecer soluções personalizadas para atender às necessidades específicas de cada organização.


Entre em contato conosco para saber mais sobre como a Ecovalor pode ajudar a sua empresa a promover a equidade de gênero e alcançar seus objetivos de sustentabilidade e ESG.

Comentários


bottom of page