Sustentabilidade é um atalho para exportar para a Europa

Na manhã desta terça-feira as discussões do evento Europe Meets the Americas, em Aruba, se concentraram nas oportunidades de negócios para empreendedores. O tema sustentabilidade roubou a cena.

“A Europa precisa de soluções sustentáveis. Esse é um ótimo caminho para quem exportar”, afirmou Robert-Jan Moons, responsável pelo escritório caribenho da TNO, organização holandesa sem fins lucrativos focada em pesquisa científica aplicada.

Wikimedia Commons

Uma das dicas que ele deu para a plateia presente no evento: para entrar no mercado europeu não basta criar produtos e serviços sustentáveis, é preciso ter processos mais verdes nas empresas. Outra medida importante é buscar as certificações internacionais, para seguir os padrões exigidos na Europa.

A TNO destacou algumas áreas com bom potencial para os empreendedores que querem aproveitar a onda da sustentabilidade. Tecnologia para construção, smart grids (redes inteligentes), transporte elétrico, energia solar e eólica, engajamento de consumidores e uso consciente da água são as principais.

O governo de Aruba já manifestou o interesse em investir forte na sustentabilidade, numa estratégia chamada deGreen Gateway. “Acreditamos que Aruba pode ser um líder na transformação verde”, afirmou Jose Maria Figueiras, presidente da Carbon War Room, organização que tem a missão de acelerar negócios lucrativos que reduzam a emissão de carbono na atmosfera. Um de seus fundadores é o empreendedor inglês Richard Branson.

* A jornalista Débora Fortes viajou a Aruba a convite da ATA (Aruba Tourism Authority).

Fonte: Revista PEGN (http://goo.gl/4exWZ)