Publicações EcoValor Consultoria em Sustentabilidade

Publicações

  • EcoValor

Grupo Heineken anuncia novas estratégias de sustentabilidade

O Grupo Heineken no Brasil anunciou recentemente sua estratégia de sustentabilidade e as metas para contribuir com o desenvolvimento socioambiental do país nos próximos três anos. O novo compromisso, que reforça a consolidação do Grupo no mercado brasileiro, é firmado juntamente com a inauguração de seu parque eólico em Acaraú, no Ceará.

Com capacidade para gerar 112 mil MWh/ano, o parque eólico é a primeira instalação de uma cervejaria no país e o maior da Heineken no mundo. A iniciativa, que contou com investimentos na ordem de R$ 200 milhões, conta com 14 aerogeradores e tem estrutura capaz de gerar o equivalente a 30% de toda a energia elétrica consumida pelas 15 cervejarias da companhia no Brasil.

Com o início do pleno funcionamento do parque, a Heineken deixará de emitir 12 mil toneladas de CO2 por ano, proporcional a novas 400 mil árvores plantadas. A operação reforça o posicionamento do Grupo e dá dimensão a um importante pilar de sustentabilidade da companhia, que tem como objetivo reduzir as emissões de CO2 no meio ambiente.

“Temos trabalhado em prol do país desde o início das nossas atividades por aqui. Agora, como um grande grupo, estabelecemos um plano robusto, em linha com nossos valores e crenças, e comunicamos nossa estratégia para a sociedade de forma transparente. Temos muito a fazer, mas estamos 100% empenhados em retribuir a confiança dos brasileiros”, afirma Nelcina Tropardi, vice-presidente de Assuntos Corporativos & Sustentabilidade do Grupo Heineken no Brasil.

A estratégia da Heineken é traduzida pelo início do movimento “Mais com Menos”, que também convida à reflexão e mudança de comportamento de toda a sociedade. “Como segundo maior player do mercado nacional de cerveja, a Heineken compreende sua responsabilidade com o futuro desta e das próximas gerações. Nossa estratégia segue o direcionamento global e abrange diferentes frentes, mas, neste primeiro momento, estamos investindo ainda mais esforços nos pilares de consumo responsável e de redução de emissões de CO2. Nesse sentido, fazer mais com menos será a premissa da nossa atuação”, complementa a executiva.

Globalmente, a Heineken possui uma estratégia de sustentabilidade que aposta em práticas focadas em seis grandes pilares: saúde e segurança; proteção de recursos hídricos; redução de emissões de CO2; sustentabilidade na cadeia de fornecimento conscientização sobre consumo responsável; crescimento junto com as comunidades em que atua.

100% de energia limpa até 2023

No Brasil, além do parque eólico, o Grupo Heineken conta com outras unidades produtoras de energia limpa, como caldeiras de biomassa nas unidades de Ponta Grossa/PR, Araraquara/SP, Alexânia/GO, Caxias/MA e Itu. Na unidade paranaense, a caldeira já é responsável por 100% da energia térmica para o funcionamento da cervejaria, o que, em 2017, representou uma redução de 57% nas emissões de CO2 nos processos produtivos na localidade.

“Nosso objetivo é implementar essa tecnologia nas outras 12 unidades do Grupo nos próximos três anos. Estamos olhando para um futuro próximo, no qual teremos 100% da nossa operação brasileira funcionando a partir de energia limpa até 2023”, completa a executiva.

Fonte: Periscópio

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo